Comunicação | Notícia
SELECT * FROM `n_noticias` WHERE `num`='2474'
NOTÍCIAS - Câmara de Vereadores de Caçapava do Sul - atualizado em 13/03/2020 15:16
Atendimento médico nas Minas do Camaquã é tema de audiência em Santana
Tamanho da Fonte: a-  A+

Na manhã desta sexta-feira, dia 13, o Presidente da Câmara, Mariano Teixeira, esteve em Santana da Boa Vista para uma audiência com o Prefeito Ito Freitas. A principal pauta do encontro foi o atendimento médico no posto de saúde das Minas do Camaquã, onde residem Caçapavanos e Santanenses.

Segundo o vereador, atualmente Caçapava do Sul disponibiliza um médico clinico geral para atender uma vez por mês na unidade de saúde das Minas, mas no passado esse atendimento médico era quinzenal, porque Santana da Boa Vista também disponibiliza um médico. Essa parceria entre os municípios terminou há três anos, ficando somente Caçapava mandando um médico a cada 30 dias, mesmo que metade da população atendida seja de Santana.

Com isso, o vereador entrou em contato na quinta-feira, dia 12, com a Secretária de Saúde de Caçapava do Sul, Ines Salles, para comunicar ela que estaria em Santana da Boa Vista na sexta-feira, para solicitar ao Prefeito Ito o retorno desta parceria e ele mandar um médico para atender no posto das Minas.

Ao receber a reivindicação, Freitas disse que neste ano será possível retornar com este atendimento, já que o sistema de saúde de Santana está organizado agora, após as mudanças envolvendo o Hospital da cidade e a nova equipe que atende no Pronto Atendimento. " Vou falar com a Secretária de Saúde para tentar viabilizar esta reivindicação e vou te dar o retorno, para que o atendimento médico na comunidade seja quinzenal", disse o Prefeito.

No final da audiência, o vereadores fez alguns questionamentos sobre o sistema de trabalho das Agentes Comunitárias de Saúde e também sobre a estiagem.

Ainda em Santana, o Presidente visitou as instalações da Inspetoria Veterinária da cidade, para acompanhar o trabalho regional que é feito entre Caçapava e Santana para o controle sanitário, já que existem muitos produtores na divisa entre os dois municípios