Comunicação | Notícia
SELECT * FROM `n_noticias` WHERE `num`='2259'
NOTÍCIAS - Câmara de Vereadores de Caçapava do Sul - atualizado em 30/05/2019 23:16
Mineração e RS-357 foi a pauta de Lavras do Sul e Caçapava na capital
Tamanho da Fonte: a-  A+

Nesta quinta-feira, dia 30, os vereadores de Mariano Teixeira, de Caçapava do Sul e Guto Bittencourt, de Lavras do Sul, estiveram em Porto Alegre para tratar sobre a recuperação da RS 357, que liga os dois municípios e também sobre o licenciamento ambiental do projeto de mineração das Minas do Camaquã e da extração de Fosfato na terra do ouro.

A primeira audiência foi na Secretaria dos Transportes do Estado, onde os dois vereadores solicitaram uma recuperação asfáltica da RS 357, que liga Caçapava a Lavras. Segundo o vereador Guto Bittencourt, a rodovia apresenta inúmeros problemas, principalmente a quantidade buracos da região do seival até Lavras, onde no mínimo cinco pontos estão intransitáveis. " Toda a vez que a estrada precisa de reparos, o DAER vai até o local e coloca aqueles sacos de asfalto a frio que dura até a próxima chuva, com isso, estamos pedindo desta vez uma ação mais concreta e que façam a fresagem dos buracos e tapem com asfalto quente para durar mais", disse o Lavrense.

Sobre este pedido, a Secretaria informou que até o final da próxima semana dará um retorno aos parlamentares sobre o caso e repassaram que a Secretaria da Fazenda está para liberar mais de R$ 100 milhões para o DAER fazer operações nas rodovias. Este valor será desembolsado mensalmente. " Vamos aguardar até a próxima semana o retorno do Assessor do Secretário dos Transportes Juvir Costela, Pablo Teixeira, para informar o período que será feito os reparos na rodovia", disse Mariano Teixeira.

" Atualmente a estrada está sendo utilizada também para o acesso a Bagé, já que a rodovia que liga Lavras a Rainha da Fronteira não é pavimentada, com isso, o trânsito é cada vez maior e os caminhões da colheita e transporte de madeira estão sendo carregados em alguns casos com mais de 70 toneladas, o que prejudica a estrada, exigindo uma interferência do Estado com mais frequência na manutenção da rodovia", comentou Bittencourt.

A outra audiência foi com o Secretário Chefe da Casa Civil, Otomar Vivian, onde os vereadores reforçaram o pedido de manutenção da RS 357 e questionaram sobre o andamento dos projetos que estão em análise da Fepam, para exploração mineral em Lavras e Caçapava.

Sobre a estrada, Vivian disse que vai reforçar o pedido feito a Secretaria dos Transportes e lembrou que quando o asfaltamento foi concluído nos anos 80, Otomar era o Prefeito de Caçapava e a última recuperação total foi realizada em 2010, quando Vivian era Secretário da Casa Civil da Ex-Governadora Yeda Crusius.

Na questão dos licenciamentos ambientais sobre os projetos dos dois municípios, Otomar informou que o Governador já determinou um plano de Estado sobre a Mineração no Rio Grande do Sul e que ele está acompanhando de perto e pessoalmente os dois casos.

Em Caçapava do Sul o projeto é nas Minas do Camaquã, onde a empresa Votorantin Metais, atual NEXA, pretende explorar Zinco, Chumbo e Cobre. Já em Lavras do Sul o empreendimento é no Fosfato. Os dois processos estão tramitando na Fepam.