Comunicação | Notícia
SELECT * FROM `n_noticias` WHERE `num`='2122'
NOTÍCIAS - Câmara de Vereadores de Caçapava do Sul - atualizado em 20/12/2018 14:30
Presidente da Câmara faz balanço do ano Legislativo de 2018
Tamanho da Fonte: a-  A+
Na manhã desta quinta-feira, dia 20, o Presidente da Câmara de Vereadores, Marquinhos Vivian (MDB), reuniu a imprensa para um café da manhã e fazer um balanço do ano Legislativo de 2018, onde o seu mandato de Presidente da Casa encerra no dia 31 de dezembro.
Na primeira parte da entrevista, Vivian falou da diminuição dos gastos da Câmara, que vem ocorrendo nos últimos quatro anos e na transparência, que segundo o TCE o Legislativo de Caçapava é atualmente um dos mais transparentes do RS.  
"A Câmara desde os escândalos  com diárias em 2014 quando gastou cerca de R$ 203 mil, o Legislativo adotou medidas para recuperar a imagem e ser uma das mais transparentes do Estado e uma das que menos gasta com diárias no RS. Com isso, em 2015 o gasto com diárias foi de R$ 153 mil, em 2016 baixou consideravelmente para R$ 53 mil, em 2017 o gasto foi de R$ 52 mil e agora em 2018 o gasto com diárias foi de R$ 42 mil. Já sobre estagiários, antes do processo seletivo a Câmara gastava com estagiários R$ 64 mil no ano. Após o processo este custo baixou para R$ 51 mil. O custo com combustível também baixou de R$ 27 mil no ano para R$ 23 mil, essa redução é em virtude da diminuição no número de viagens e também da nova metodologia de ressarcimento, que é muito mais barata para o Legislativo.", disse Vivian.
O Presidente falou também sobre as obras de acessibilidade que foram feitas na Câmara, principalmente para se adequar as normas do Corpo de Bombeiros e que no dia 31 de dezembro encerra o seu mandato devolvendo aos cofres da Prefeitura cerca de R$ 125 mil, que é oriundo segundo o vereador, das economias feitas ao longo do ano, mesmo a Câmara trabalhando com aproximadamente R$ 1 milhão a menos do que tem direito conforme a Legislação.   " Nós teríamos direito de R$ 1 milhão a mais no orçamento, mas abrimos mão deste recurso para a Prefeitura aplicar este dinheiro em melhorias na cidade, o Legislativo está muito bem assim, trabalhando com eficiência e enxuto, por isso, que somos atualmente uma das Câmaras mais transparentes do RS", disse o Presidente.
O vereador explanou ainda sobre o relacionamento com o executivo dizendo que com algumas Secretarias existe o trabalho em conjunto, mas com outras o diálogo não acontece. " O Executivo precisa melhorar muito em várias áreas e não estou vendo com bons olhos o 2019, porque será preciso corrigir o rumo para termos sucesso. Isso vale também para alguns vereadores, que precisam entender o sua verdadeira função,", comentou.
O Presidente ressaltou também, que em 2018 tramitou na casa 103 projetos de lei, tanto de origem executiva, quanto Legislativa. " As Comissões estão trabalhando muito bem desde 2017, quando a Câmara internamente fez a sua metodologia para a atual legislatura, onde os projetos estão sendo bem estudados e analisados para depois irem a votação. Do Executivo foram quase 70 projetos e somente um foi rejeitado, os outros aprovados, mostrando que a Câmara é parceira da Prefeitura em todas as suas iniciativas", ressaltou.
No final o Presidente agradeceu a imprensa por ajudar na divulgação do trabalho dos vereadores e a comunidade que fiscaliza o trabalho do Legislativo e de cada vereador da casa.