Comunicação | Notícia
SELECT * FROM `n_noticias` WHERE `num`='1035'
NOTÍCIAS - Câmara de Vereadores de Caçapava do Sul - atualizado em 09/09/2015 10:34
Rosso faz requerimento pedindo mais efetivo para segurança pública
Tamanho da Fonte: a-  A+

Foi aprovado por unanimidade nesta terça-feira, dia 8, o requerimento nº 256/2015, de autoria do vereador Ricardo Rosso (PP), onde solicita do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, através da Secretaria de Segurança Pública, maior efetivo da Brigada Militar para o Município de Caçapava do Sul.

Rosso justificou a matéria tendo em vista o pouco efetivo da Brigada Militar em Caçapava do Sul, objetivando dar mais segurança ao município, e para isso,  é necessário um maior número de policiais, sendo que atualmente não tem servidores suficientes para atender duas ocorrências ao mesmo tempo, fazendo com que a população fique desassistida e à mercê da violência.

O vereador Silvio lembrou que no início de 2013, foi realizado um levantamento junto às polícias civil e militar, bem como, os bombeiros, e uma comitiva formada pelos 11 vereadores mais o prefeito municipal, foram à Secretaria de Segurança do Estado, onde apresentaram as necessidades para um atendimento mínimo destas forças policiais no município. Foi prometido que haveria uma nomeação de mais de 2 mil soldados nos meses seguintes, mas nenhum soldado foi enviado para Caçapava do Sul.

Rosso sofreu um acidente de trânsito no final da tarde desta segunda-feira, onde teve seu veículo abalroado na traseira por um outro automóvel, e tentou contato pelo telefone 190 para registrar o ocorrência e não foi atendido. Se deslocou até o batalhão da Brigada, quando foi atendido pelos dois soldados de plantão. “Sabemos que o governo do Estado não está pagando os salários em dia, e também que não está nomeando os policiais militares que passaram no concurso, mas temos que pressionar o Secretário de Justiça e Segurança do Estado, para dar mais atenção no policiamento nas cidades do interior, não podermos ficar sem segurança”. finalizou Ricardo Rosso.

O Presidente do Legislativo, vereador Pedro Gaspar, se pronunciou explicando que sempre teve bom acesso ao comando da Brigada Militar, mas nestes últimos anos perdeu a conta de quantas vezes tentou buscar mais efetivo para o município não foi atendido. “O governo está passando por um momento que não consegue pagar os salários dos professores, servidores e policiais, imagina se chamar mais concursados. Estamos num momento crítico da política e econômica em nosso Estado”. afirmou Pedro Gaspar.