Comunicação | Notícia
SELECT * FROM `n_noticias` WHERE `num`='2300'
NOTÍCIAS - Câmara de Vereadores de Caçapava do Sul - atualizado em 18/07/2019 13:59
Vereador solicita fiscalização da Anatel visando melhorias no sinal da telefonia móvel
Tamanho da Fonte: a-  A+

Na última semana, durante a sessão ordinária da Câmara, o vereador Mariano Teixeira (PP) aprovou por unanimidade um requerimento endereçado a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), solicitando uma fiscalização do órgão em Caçapava do Sul, quanto ao sinal da telefonia móvel, que está em alguns pontos da cidade em situação precária, além da comunidade ter ficado sem sinal em vários dias.

O pedido do parlamentar é direcionado principalmente a Operadora Vivo, que nos últimos meses não está atendendo a demanda da população, quanto a qualidade do sinal do município e região. Este requerimento é para a Anatel e também vamos enviar uma cópia para o Procon do RS, exigindo uma intervenção para melhorar este serviço na cidade e também no interior. " Em menos de uma semana ficamos sem sinal no município por duas oportunidades, prejudicando os atendimentos no comércio e  na indústria, além  da comunicação entre as pessoas", enfatizou o vereador.

"A solicitação é de fundamental importância, devido ao número expressivo de reclamações dos usuários da operadora Vivo, causando enormes transtornos pela frequente falta de sinal no nosso município, usuários estes, que necessitam se comunicar, inclusive para uso de serviços básicos de emergências, como SAMU, Corpo de Bombeiros, Brigada Militar e Pronto Atendimento, estão impossibilitados, devido à precariedade do sinal, principalmente na zona rural. Desta forma, formalizamos esta solicitação, com o objetivo de aprimorar a comunicação entre as pessoas permitindo acesso às tecnologias avançadas do mundo atual e proporcionando melhor qualidade de vida para as pessoas das comunidades", disse Mariano.

O vereador informou na sessão que entregará os documentos pessoalmente na Gerência Regional da Anatel e cobrará uma ação rápida neste caso. O mesmo procedimento será adotado também pelo vereador quanto a denúncia ao Procon RS.