Comunicação | Notícia
SELECT * FROM `n_noticias` WHERE `num`='2035'
NOTÍCIAS - Câmara de Vereadores de Caçapava do Sul - atualizado em 14/08/2018 23:17
Educação foi um dos principais temas de debate no Legislativo nesta terça-feira
Tamanho da Fonte: a-  A+

Nesta terça-feira, dia 14, um série de reuniões sobre educação movimentaram a Câmara, principalmente pela visita do Secretário da pasta, Aristides Costa, que participou de um encontro com a Comissão da Educação da Câmara e o Sindicato dos Professores Municipais, Além de usar da tribuna livre durante a sessão ordinária.

Na primeira reunião com o Sindicato, a Comissão e a equipe técnica da Secretaria de Educação, a pauta principal foi o pagamento do piso nacional do magistério, que segundo a categoria ficou faltando 4,06% de 2017 e os cinco meses de 2018, já que a reposição do Fundeb deste ano foi em duas parcelas. O Sindicato entende que o piso deve ser pago em cima do nível especial e o governo acredita que precisa ser considerado a partir do nível 1.

O Secretário não quis entrar em detalhes sobre o ano passado, porque na sua visão nessa época a Seduc era comandada pela professora Leslié Maicá. Já o Sindicato diz que a Prefeitura é obrigada por lei repassar a categoria o reajuste do Fundeb, que é pago sempre em janeiro pelo Governo Federal. Outro tema foi o superávit do Fundeb em 2017, de R$ 180 mil, onde a Comissão solicitou o retorno do projeto dos uniformes ou o pagamento do restante do piso. Na sequencia foram debatidos outros temas da educação, onde a reunião acabou se estendendo por quase duas horas.

No encontro com a categoria dos professores, participaram também do encontro os vereadores Alex Vargas e Silvio Tondo, além do Presidente da Comissão de Educação, Ricardo Rosso e a relatora, Márcia Gervásio.

Já durante a tarde, o Secretário Aristides Costa, acompanhado de algumas professores que trabalham na Seduc e colegas Secretários, usou da tribuna livre durante a sessão da Câmara, para fazer uma avaliação dos seus 6 meses a frente da Secretaria de Educação, os projetos que estão sendo executados e o planejamento da pasta. No final os vereadores fizeram questionamentos ao Secretário, onde a sua participação durou mais de 40 minutos.