Comunicação | Notícia
SELECT * FROM `n_noticias` WHERE `num`='2022'
NOTÍCIAS - Câmara de Vereadores de Caçapava do Sul - atualizado em 25/07/2018 14:10
Vereadores buscam esclarecimentos sobre transporte de pacientes da hemodiálise
Tamanho da Fonte: a-  A+

Os vereadores Ricardo Rosso, Mariano Teixeira e Jussarete Vargas (PP) e Alex Vargas (MDB), acompanhado dos assessores Mateus Lopez e José Adão Souza, participaram na manhã de quarta, (25), de uma reunião com a secretária da Saúde, Inês Sales, o assessor João Tertuliano Lopes e a secretária adjunta Maria Geni Oliveira. O objetivo foi buscar esclarecimentos sobre o transporte de pacientes da hemodiálise.

De acordo com a secretária, algumas empresas suspenderam as passagens e outras estão fazendo um desvio por Pantano Grande e Formigueiro, porque os ônibus não conseguem fazer a travessia de balsa no rio Jacuí, em Cachoeira do Sul.

Inês contou que há linhas de ônibus que não farão a travessia enquanto a obra da ponte do Fandango não for concluída. A secretária disse ainda que mesmo veículos oficiais pagam para atravessar de balsa.

Os vereadores também questionaram a secretária sobre as fichas nos ESFs e as cirurgias de traumatologia.

Inês explicou que a Câmara deverá receber em breve um projeto que contempla a contratação de um pediatra e um ginecologista. A idéia é que esses profissionais atendam uma vez por semana em cada ESF.

“Queremos oferecer atendimento especializado semanalmente. A proposta é que eles circulem nas unidades”, afirma a secretária.

Inês disse ainda que a secretaria está realizando um trabalho de práticas restaurativas, que é preciso resgatar ações para que os usuários dos ESFs reestabeleçam o vínculo com as unidades.

“O programa precisa ser resolutivo, queremos motivar as agentes de saúde, porque o trabalho delas é fundamental. São elas que têm contato com as famílias e podem realizar um trabalho preventivo na área da saúde”, avalia a secretária.

Sobre as cirurgias, Geni explicou que neste ano foram realizadas quatro e outros dois pacientes estão sendo avaliados.

A secretária relatou que será instalado um programa no PA, onde a secretaria pode acompanhar em tempo real, através de relatórios, os atendimentos que estão sendo realizados. Além disso, o hospital voltará a enviar relatórios sobre o número de atendimentos do Pronto Atendimento.